Abalroamento deixa quatro mortos e três desaparecidos na Argentina

0
324

Equipes de resgate encontraram, neste domingo, quatro corpos no navio argentino que afundou no último sábado depois de se chocar com um rebocador paraguaio no rio Paraná, no noroeste de Buenos Aires, na Argentina. Outros três marinheiros estão desaparecidos, informou a Prefeitura Naval Local (*).

“Foram encontrados os corpos do Chefe de Máquinas, o Cozinheiro e o Primeiro-Oficial fluvial que se somam ao do Capitão encontrado anteriormente”, disse o Prefeito Naval (*) Sergio Gaetán.

O Oficial informou que os corpos “estavam todos muito próximos na sala de jantar do navio”. “Os trabalhos continuam para encontrar, se houver, as outras pessoas dentro do barco, porque há lugares que falta explorar”, disse.

Mergulhadores, membros da Guarda Costeira e um helicóptero rastreiam a área procurando os outros três marinheiros. O oitavo tripulante do navio argentino conseguiu ser resgatado com ferimentos leves pouco depois da colisão.

O acidente ocorreu no sábado, às 4h no horário de Brasília, no Km 102 do rio Paraná, próximo à cidade de Zárate, a 95 km a noroeste da capital argentina. Segundo a Prefeitura Naval (*), o rebocador “Ava Payagua”, que empurrava um barco com contêiner, não pôde completar a tempo a manobra de travessia do rio e se chocou com a embarcação argentina, que afundou em poucos minutos.

Com as informações – AFP

(*) Grifo nosso – Acrescentamos o termo “naval”, pois a entidade citatda não é a prefeitura municipal, mas sim a prefeitura Naval, órgão correspondente às Capitanias dos Portos aqui no Brasil.

OBS: Algumas agências informam seis mortos, já atualizando a notícia.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta