APM Terminals assume 25% de expansão portuária na China

0
290

A APM Terminals, divisão de portos do grupo armador e de petróleo Maersk, fez um acordo com o Porto de Ningbo, na China, para assumir 25 por cento de um projeto de expansão portuária, com investimentos totais de 4,29 bilhões de iuans (673,44 milhões de dólares).

O anúncio, feito pelo presidente do conselho do porto chinês, Li Linghong, aconteceu na visita do Presidente da China, Hu Jintao, à Dinamarca, origem da Maersk.

Com as informações – Por John Acher / Reuters

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta