Sobre a importância de se falar Inglês embarcado

1
1200

E essa vem das páginas do Facebook, pelas mãos do Vapozeiro Brasileiro Nato, que de maneira simples e direta mandou o seu recado para os colegas.

ENSINAMENTOS DO MESTRE VAPOZEIRO

Se uma empresa…
Exigir que você fale grego para embarcar com gregos;
Exigir que você fale russo para embarcar com russos;
Exigir que você fale japonês para embarcar com japoneses;
Exigir que você fale dinamarquês para embarcar com dinamarqueses;
Exigir que você fale Polonês para embarcar com poloneses;
Exigir que você fale Mexicano para embarcar com mexicanos;
Exigir que você fale Norueguês para embarcar com noruegueses;
Exigir que você fale “Carioquês para embarcar com cariocas”;
Etc…

CUIDADO!!!
A empresa está de sacanagem com você.

Mas se a empresa exigir APENAS o inglês e você achar ruim, é você que “está de sacanagem com a empresa”.

Por Vapozeiro Brasileiro Nato (Facebook)

Um post patrocinado por:

1 COMMENT

  1. Esse foi um comentário resposta a um amigo vapozeiro que não concorda que temos que aprender inglês: Navios trabalham com contratos em vários lugares do mundo e as tripulações mudam constantemente. Entenda isso. A grande maioria dos Baba Ovos, babam principalmente por terem alguma deficiência. Nesse caso: não falam inglês……..Agora imagine você, um tripulante brasileiro ir trabalhar na Espanha, depois na Grécia, depois na Argentina, depois na China, etc…..no final da sua vida você será um poliglota. Agora imagine ter que aprender apenas o Inglês para trabalhar em qualquer lugar. Só quem continua com essa mentalidade sua é “especial”?

Deixe uma resposta