Dragagem do Rio Madeira deve iniciar em um mês

1
1389

A dragagem do rio Madeira já está prevista, mas é necessário esperar que as águas baixem a um nível adequado para que os trabalhos comecem a ser executados, provavelmente final de julho e início de agosto. A informação foi prestada pelo Diretor-Geral do Dnit, Valter Casimiro Silveira, que esteve em Porto Velho para verificar in loco o andamento das obras do elevado da rua Três e Meio. Segundo Silveira, a empresa que ficará responsável pela dragagem já está contratada e mobilizada.

“O contrato prevê a dragagem por cinco anos quando, então, as condições de navegação da Hidrovia do Madeira terão que ser mantidas num calado que permita às embarcações navegarem sem precisarem desmembrar o comboio”, mencionou o Diretor-Geral do Dnit. “Isso vai ganhar em competitividade com o produto brasileiro, mercado internacional, tendo em vista que diminuirá o tempo de cargas das embarcações dos navios e é só ganho para o estado de Rondônia e para o País”, atestou.

A dragagem do rio Madeira é uma antiga reivindicação das empresas de navegação que operam no transporte fluvial de cargas e passageiros no Norte do Brasil, uma vez que o rio Madeira é um dos principais corredores logísticos do País e integra o Arco Norte. Pela Hidrovia do Madeira ocorre o escoamento da produção agrícola, principalmente soja e milho de Mato Grosso e Rondônia, além de insumos como combustíveis e fertilizantes, com destino a Porto Velho e Manaus.

Fonte: Daniela Castelo Branco / Diário da Amazônia

Por Redação 

1 COMMENT

  1. Importante investimento como toda obra que estabeleçam navegabilidade fluvial para reduzir custos e aumentar eficiência devem ser enaltecida como também a do Pedral de São Lourenço no Tocantins pode ser outro exemplo.

Deixe uma resposta