Após negociação com a Santos Brasil, Porto de Imbituba vai receber R$ 9 milhões

0
1007
Foto: Porto de Imbituba Airton Fernandes (SECOM/SC – Arquivo).

Um acordo entre a SCPar Porto de Imbituba e a Santos Brasil, que opera no porto catarinense, determinou que a empresa pague R$ 9 milhões referentes à cobrança anual da movimentação mínima de contêineres. A empresa solicitou ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA) um pedido de reequilíbrio econômico-financeiro e, entre os contratos a serem revistos, está a negociação com o porto. O valor será pago em três parcelas nos próximos meses.

Apesar do acordo, o pedido de revisão de reequilíbrio financeiro continua em tramitação. Com o pagamento dos R$ 9 milhões, a empresa está com os valores quitados até maio do ano que vem. A administração do Porto de Imbituba preferiu não comentar sobre as negociações entre as partes, assim como a Santos Brasil. O acordo foi intermediado pelo MTPA e pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

Rota da Ásia vai aquecer os negócios

A Santos Brasil tem dois terminais arrendados no porto catarinense, um para movimentação de contêineres e outro de carga geral. No contrato assinado pelas partes, fica definido o pagamento pela movimentação mínima, mesmo que ela fique abaixo do previsto. No final do ano passado, a Santos Brasil entrou com pedido de reequilíbrio econômico-financeiro junto à Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), para rever o contrato.

Mesmo com a discussão dos valores a serem pagos, a empresa continuou o negócios junto ao porto, e deve ganhar um novo fôlego a partir do mês que vem. Uma nova rota de navios, vindos da Ásia, passa a ancorar em Imbituba. Com esse incremento, a Santos estima que o volume adicional chegue a 75 mil TEUs (equivalente a um contêiner de 20 pés), com cerca de 70% das cargas de exportação e 30% de importação.

Fonte: Lariane Cagnini / Diário Catarinense

Por Redação

Deixe uma resposta