DPC finalmente resolve a situação dos marinheiros perante a Convenção de Manila

3
14797

O Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Lima Filho, atendendeu aos anseios da Comunidade Marítima e nos informou hoje que a situação dos Marinheiros de Máquinas e Marinheiros de Convés está resolvida, por enquanto temporariamente, no que diz respeito às novas determinações da Convenção de Manila.

Muitos colegas estavam com problemas em suas empresas, ou até mesmo para conseguirem embarque, já que a Convenção preconiza que Marinheiros com mais de um ano de embarque fazem jus às regras “/5”, no caso II/5 no Convés e III/5 na Máquina.

No Brasil esta regra era exclusiva dos CTR/MCB e CDM.

Assim, a Diretoria de Portos e Costas concederá aos Marinheiros de Máquinas com mais de um ano e seis meses de embarque em embarcações com mais de 750 kW e para Marinheiros de Convés com o mesmo tempo de embarque em embarcações com mais de 500 AB as regras II/5 e III/5, respectivamente.

A portaria será escrita na próxima semana e dentro de aproximadamente 7 dias, talvez menos, os colegas que se enquadram nessas condições já poderão dar entrada.

Nossa orientação, baseada em nossa consulta à DPC é de que aguardem a emissão da portaria.

Forte abraço a todos.

Por Rodrigo Cintra

3 COMMENTS

  1. Interessante resolvem situações de Mnc os quais os embarques , são fáceis, mas não resolvem a situação descriminativa do marinheiro auxiliar de convés
    Que nem chance tem , de no mínimo trocar de etiqueta na capitania

Deixe uma resposta