Finlândia libera primeira área oficialmente destinada a testes de embarcações desguarnecidas

0
887

A empresa One Sea – Autonomous Maritime Ecosystem anunciou recentemente a abertura da área marítima para testes em Jaakonmeri, na Finlândia, o primeiro local do mundo liberado para quem pretende fazer testes com sistemas autônomos de tráfego marítimo, navios desguarnecidos ou tecnologias relacionadas a isso.

A área é gerenciada e controlada pela empresa DIMECC, que recebeu a concessão de uma autarquia do Governo Finlandês, o Centro de Desenvolvimento Econômico, Transportes e Meio Ambiente do Sudoeste da Finlândia.

A área fica localizada no Mar Báltico, costa oeste da Finlândia, em frente ao município de Eurajoki, com aproximadamente 18 km de comprimento por um pouco mais de 7 km de largura, num local com águas abertas e que ainda oferece a oportunidade de realização de testes em condições de gelo no inverno. Para os mais curiosos, seguem as coordenadas dos vértices desta área:

NW: 61 20.75 N / 20 55.15 E
NE: 61 19.60 N / 21 14.70 E
SE: 61 15.65 N / 21 12.67 E
SW: 61 16.85 N / 20 54.55 E

A área de testes

O local possui uma excelente rede disponível para conexão de dados, e será ainda mais desenvolvida para que outros serviços possam ser realizados, aprofundando cada vez mais o nível de abrangência dos testes.

Empresas, institutos de pesquisa, universidades, academias marítimas ou qualquer outra instituição interessada em realizar testes nesta área devem procurar a DIMECC, através do site da One Sea.

Os primeiros testes devem ocorrer em 2018 e marca a adesão da empresa ao compromisso do Governo Finlandês com um futuro cada vez mais digital, o que pode ser visto com o estabelecimento de uma área deste porte para esta atividade. Inclusive, o Governo declarou oficialmente que a promoção da digitalização e o aumento da utilização de tecnologias de automação e informação podem ser consideradas as principais feramentas de projetos chave do Governo.

Testes à exaustão são o pré-requisito para um sistema de tráfego marítimo desguarnecido seguro e bem sucedido. Isso foi identificado como um passo crucial para que o projeto vá adiante e a abertura desta área vai acelerar o processo global de desenvolvimento de projetos com embarcações desguarnecidas e o aprofundamento dos conceitos e técnicas envolvidas para que se possa fazer o uso comercial desta tecnologia.

A One Sea Ecosystem, fundada in 2016, tem como empresas fundadoras a ABB, Cargotec (MacGregor e Kalmar), Ericsson, Meyer Turku, Rolls-Royce, Tieto e Wärtsilä. O projeto é patrocinado pela Associação Finlandesa da Indústria Marítima e também recebeu recursos da Agência de Fundos Finlandesa, a TEKES.

A tecnologia vai indo adiante na atividade marítima e o que se pode fazer é apenas dominá-la. Não há jeito para se parar esta onda tecnológica e também não há caminho de volta.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta