Tecon Imbituba inaugura hub entre América do Sul e Ásia

1
877

O início da rota de longo curso no Porto de Imbituba com navios gigantes que transportam contêineres entre a América do Sul e Ásia, prevista para a próxima terça-feira, não será apenas mais uma alternativa ao mercado. Marca uma nova postura da Santos Brasil, operadora do Tecon Imbituba, de atuar com preços competitivos, o que promete gerar uma concorrência acirrada entre os portos de SC.

Os preços serão de 30% a 40% mais baixos, informou o Diretor Comercial de Operações Portuárias da Santos Brasil, Danilo Cabral Ramos, em reunião com exportadores e importadores, quarta-feira.

Preços menores

O Executivo Danilo Cabral Ramos, da Santos Brasil, diz que será possível praticar esses preços porque o Porto de Imbituba não tem espera em função de problemas climáticos. Essas esperas em outros portos somam cerca de 30 dias por ano, o que implica em custo médio de US$ 187 por contêiner. Segundo o Presidente do Porto de Imbituba, Rogério Pupo, o terminal vai operar também com carnes congeladas. Para essa primeira escala, já são 400 unidades de cerâmica, madeira e carnes.

Fonte: Estela Benetti / Diário Catarinense

Por Redação

1 COMMENT

Deixe uma resposta