Barra Energia quer Dommo fora de bloco na Bacia de Santos

0
1028

A petroleira Dommo Energia (ex-OGX) informou nesta sexta-feira que recebeu de sua sócia Barra Energia uma notificação comunicando sua intenção de exigir que a empresa se retire completamente do bloco BS-4, onde estão os campos de Atlanta e Oliva, na Bacia de Santos, devido a sua inadimplência.

Em entrevista à Reuters, presidente da Dommo, Paulo Narcélio, afirmou que a empresa entrou com um processo de arbitragem para resolver a questão.

Segundo o executivo, a empresa está inadimplente hoje em 22 milhões de dólares e já investiu até hoje, no BS-4, um total de 500 milhões de dólares.

A notificação, segundo Narcélio, foi recebida na sexta-feira passada, após a empresa já ter avisado aos sócios seu interesse em vender uma parcela do ativo.

“Tentamos reverter essa questão durante toda a semana, mas não tivemos sucesso”, afirmou.

Na quarta-feira, a Dommo informou ao mercado que seu Conselho de Administração aprovou um acordo para a venda de 30 por cento da participação da empresa no bloco BS-4 para a subsidiária do Grupo Seacrest.

O negócio, de cerca de 60 milhões de dólares, faria parte da estratégia da Dommo para equalizar valores junto às demais sócias do ativo e também para reforçar o caixa da companhia, que passou por sérios problemas financeiros após a grande crise sofrida por seu fundador, Eike Batista.

Atualmente, a Dommo Energia detém participação de 40 por cento no bloco BS-4, em parceria com Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP) (QGEP3.SA), operadora do bloco, e com a Barra Energia, ambas com 30 por cento.

Em julho, a QGEP anunciou que o campo de Atlanta irá entrar em operação no primeiro trimestre de 2018.

Fonte: Marta Nogueira / Reuters

Por Redação 

Deixe uma resposta