O Porto de Itajaí, através de sua Superintendência, recebeu na quinta-feira (14) a visita da delegação do Governo Alemão, representados pelo o Embaixador alemão Gorg Witschele, Cônsul Geral para Santa Catarina e Rio Grande do Sul Thomas Schmitt, e Adido Militar Patrick Stotz.

Na visita, coordenada pelo Superintendente Interino do Porto de Itajaí, Heder Cassiano Moritz, os representantes tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o Porto de Itajaí, suas ações e consequência com os efeitos dos eventos climáticos extremos que já atingiram a região, como as grandes enchentes de 1983 e 2008.

O foco da reunião se concentrou no projeto global da agência alemã de cooperação internacional GIZ (Deutsche Gessellschaft für Internationale Zusammernabeit), em que o Porto de Itajaí e a Eletrosul figuram como parceiros estratégicos no projeto piloto de ampliação dos Serviços Climáticos para Investimentos em Infraestrutura – CSI (do inglês Enhancing Climate Services for Insfrastructure Investments). Esse projeto trata da cooperação de instituições de infraestrutura no aperfeiçoamento das informações que lhe são disponibilizadas pelos serviços de monitoramento climático para que possam ser utilizadas também nos processos de prevenção e planejamento.

O projeto vem sendo conduzido no Brasil pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE, tendo em Santa Catarina a participação da EPAGRI/CIRAM e da Defesa Civil estadual, sendo que no encontro desta quinta-feira, além da delegação diplomática, participaram também os representantes da GIZ, Michael Scholze, Eduarda Freitas e Alexandre Castro, Frederico Rudorff da Secretaria do Estado da Defesa Civil, Flávio Vitória da EPAGRI/CIRAM, Giovani Testoni (Gabinete do Prefeito), além de técnicos da Superintendência do Porto de Itajaí, que vem acompanhando o projeto desde fevereiro de 2018.

Redação

Deixe uma resposta